Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o dia todo a pensar nisso

Crónicas de uma jovem existencialista com tendência para pensar demasiado.

Crónicas de uma jovem existencialista com tendência para pensar demasiado.

o dia todo a pensar nisso

29
Out19

08.10.19 - nota de telemóvel

As pessoas são fascinantes. Conhecer pessoas é fascinante. Cada qual com a sua história. Cada qual com a sua moralidade. Todas com um passado, seja ele mau ou bom, porque o mau e o bom nem sempre significam o mesmo para cada um.

Tudo aquilo que passaram para chegar ao momento em que as conhecemos. Todo aquele universo dentro de um ser único.

Às vezes os universos que achamos mais diferentes acabam por ser também os mais parecidos. Julgamos que conhecemos as galáxias que vivem nos outros mesmo antes de as explorarmos, mas muitas vezes só precisamos que a nossa nave espacial vá lá parar. Muitas vezes começamos a conhecer universos que nunca pensámos explorar apenas por mero acaso. Apenas porque o destino assim o dita.

O mais fascinante acontece quando o que encontramos é um espelho, muitas vezes fragmentado em várias peças que se vão juntando ao longo da exploração do outro. Quando encontramos alguém que apesar de tão diferente, acaba por ser tão igual.

Porque apesar da nossa singularidade, somos todos humanos. Cada um com o seu universo. Cada um com as suas galáxias. Mais ou menos diferentes. Mais ou menos iguais.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D